Informações COVID-19

Informações COVID-19

  por    0   4

À medida que surgem informações sobre o COVID-19, foram classificados diversos setores essenciais e não essenciais – os primeiros podem continuar a operar na medida em que são necessários para a segurança humana.

De acordo com os Centros de Controlo e Prevenção de Doenças, não há evidências que o COVID-19 possa ser transmitido aos seres humanos através do uso de piscinas. A operação, manutenção e desinfecção das mesmas (com, por exemplo, cloro e bromo) deverá remover ou inativar o vírus. Além disso, a Organização Mundial da Saúde afirma que o controlo da qualidade da água é necessário para impedir a transmissão de doenças infecciosas.

Acreditamos, portanto, que as empresas que fornecem estes materiais de desinfecção de piscinas, e as empresas que as gerem, são essenciais para prevenir a transmissão de doenças infecciosas para que a saúde e segurança da comunidade sejam mantidas.

A não manutenção adequada destes equipamentos (que inclui a circulação e o tratamento da água) pode levar à criação de um terreno fértil para mosquitos e doenças que estes poderão trazer, criando um risco para quem usa os equipamentos e para saúde pública em geral.

Além disto, é necessário que os projetos de piscinas e terrenos ativos no solo sejam concluídos – projetos inacabados representam riscos à segurança, com possíveis problemas de desmoronamentos das piscinas, bem como os perigos naturais de uma obra em execução.

Com as regras impostas para distanciamento social e redução do contacto com o exterior, encerramento de ginásios e instalações pública, as piscinas, SPAs ou a banheira de hidromassagem são uma boa resposta para que as famílias se concentrem na sua saúde e bem-estar. Desse modo, é essencial que estes equipamentos sejam mantidos adequadamente, de maneira a garantir que medidas de segurança estejam a ser tomadas.

Como tal, a Guimágua apela a que os utilizadores sigam as normas de segurança e higiene necessárias face ao momento em que vivemos, de maneira a salvaguardar a saúde e segurança de toda a comunidade. É essencial que as empresas que fornecem estes serviços e produtos sejam elementos ativos, de forma a proteger a população.

.